PIB em Portugal: Nova série de contas nacionais regionais 1995 – 2007




Além das tradicionais ópticas de análise do Produto Interno Bruto (PIB) como seja a da despesa ou a da oferta ou ainda a óptica dos sectores institucionais é regularmente complementada com a produção de séries detalhadas a nível regional. Todo o edifício é consistente ainda que pro vezes apresente alguns desfasamentos temporais na difusão da informação. Mas em que consistem estas novas séries? Damos a palavra ao INE deixando aqui a ligação para toda a informação disponibilizada. Eis um excerto:

” (…) O Instituto Nacional de Estatística divulga as Contas Regionais de 2006 e 2007 e, simultaneamente, os dados retropolados até 1995 da nova base de referência (Base 2006).
As Contas Regionais agora disponibilizadas asseguram a consistência das diferentes séries, entre si e relativamente às correspondentes séries das Contas Nacionais anuais, divulgadas recentemente (em 9 de Junho p.p.).
À semelhança das Contas Nacionais anuais, a principal alteração metodológica introduzida pela Base 2006 consistiu na plena apropriação dos dados recolhidos no âmbito da Informação Empresarial Simplificada (IES).
Esta nova fonte estatística assegurou às Contas Nacionais e Regionais informação económica de carácter tendencialmente censitário nomeadamente sobre as empresas, financeiras e não financeiras, que, no que se refere às Contas Regionais, permitiu a elaboração integrada e simultânea das contas segundo as desagregações geográficas de 2º e 3º nível da Nomenclatura de Unidades Territoriais para fins Estatísticos (NUTS) vigente (definida a partir do Decreto-Lei n.º 244/2002), ao contrário da metodologia anterior. (…)

Em resultado da grande expansão da informação regional de base disponível, sobretudo com origem na IES, foi possível ampliar as séries disponibilizadas no âmbito das contas regionais que passaram a incluir remunerações por regiões NUTS III e informação sobre horas trabalhadas. (…)

18/10/2010 Arquivado em Dados Económicos - Continue a ler



Deixe um comentário