Empresas em Portugal: 2004 a 2010




O INE divulgou recentemente uma compilação de séries temporais iniciadas em 2004 e até 2010 sobre o sector empresarial em Portugal. Alem de um curta publicação de 20 páginas, com análise da informação, o INE-Portugal disponibiliza 16 ficheiros com informação cronológia, para inúmeras variáveis sobre as empresas portuguesas (sector, dimensão, região, ritmo de cresciemtnos, etc) que poderão ser descarregadas gratuitamente do sítio oficial deste instituto.

Poderá encontrar esta informação aqui:

Texto integral do Destaque

  • Download do documento PDF (660 Kb)

Quadros do Destaque

  • Excel Excel (529 Kb – ficheiro zip)
 
Eis um excerto do destaque para a comunicação social:

” (…)  A proporção da criação de novas empresas, no total de empresas ativas do país, atingiu o valor máximo no ano 2007, expresso na percentagem de 15,19%, valor que decresceu até 11,84% no final do período. A mesma evolução verificou-se por parte das empresas do setor não financeiro, cuja taxa de natalidade se situou em 11,94% no ano 2010. Por outro lado, os valores da taxa de mortalidade refletem nitidamente uma tendência de crescimento desde o início do período, alcançando 17,71% em 2009, para o conjunto do setor empresarial. Em termos setoriais, as empresas da Construção e de Serviços apresentaram as maiores taxas de mortalidade atingindo respetivamente, os valores de 18,31% e 20,17%, no ano 2009.

Ao longo do período considerado, observou-se uma redução da taxa de sobrevivência das empresas no país, patente na evolução dos resultados da taxa de sobrevivência a 2 anos que, no caso das unidades não financeiras, correspondeu a um decréscimo de 10,2 p.p entre 2006 e 2010; para esse fenómeno terá contribuído fortemente a Construção. (…)”

 

18/07/2012 Arquivado em Dados Económicos - Continue a ler



Deixe um comentário