Arquivo para a “Censos” Category




Censos 2011 – Dados definitivos do INE Portugal

Tal como prometido e na data devida o INE acaba de divulgar os dados definitivos da sua última grande operação censitária em Portugal, os censos 2011. Também como habitualmente neste tipo de operações, além da revisão de dados já divulgados (os portugueses era à data dos censos 10 562 178) é com os dados definitivos que se divulgam as matrizes relativas aos movimentos migratórios internos. Estes dadso permitem perceber que regiões do países se revelaram mais atrativas na captação de população e quais as que evoluiram no sentido oposto. Segundo o INE, os padrões já evidenciados em momentos censitários anteriores mantiveram-se com o Alentejo a perder população e o Algarve, a Madeira e Lisboa a destacarem-se por ter registado as maiores taxas de variação de população, 14,1%, 9,3% e 6,0%, respetivamente.

Eis um quadro do INE onde se apresetna a distribuição da população portuguesa, em percentagem do total, por região, segundo o censo da população 2011:

Além do destaque à comunicação social (41 páginas) pode encontrar no sítio do INE as folhas de cálculo com a informação de suporte relativa aos movimentos migratórios bem como a publicação mais extensa sobre o recenseamento geral da população de 2011:
Censos - Resultados definitivos : Portugal – 2011 

 

20/11/2012 Arquivado em: Censos   Continue a ler



A Agricultura Portuguesa 1999 – 2009: metade do país (ainda) é área agrícola

O INE-Portugal concluiu a análise preliminar daquela que é a segunda operação estatística mais cara (16,9 milhões de euros) realizada em Portugal em cada 10 anos: o recenseamento geral agrícola.

Menos área explorada, menos explorações (-27%), com dimensões médias um pouco maiores e maior aposta nas pastagens permanentes em prejuízo da terra arável. Estão são algumas das conclusões sumária do INE. O país agrícola continua atomizado com 75% das explorações com menos de 5 hectares mas com as grandes empresas agrícolas a representarem já 25% da superfície agrícola utilizada. Eis um excerto da publicação do INE-Portugal:

“(…) Caracterização do Produtor: o produtor agrícola tipo é homem, tem 63 anos, apenas completou o 1º ciclo do ensino básico, tem formação agrícola exclusivamente prática e trabalha nas actividades agrícolas da exploração cerca de 22 horas por semana. O seu agregado familiar é constituído por 3 indivíduos e o rendimento provém maioritariamente de pensões e reformas. (…)

Nas empresas agrícolas constata-se que:
• A dimensão média é de 142 hectares de SAU, 12 vezes superior à média nacional;
• A idade média do dirigente da exploração é de 50 anos, 12 anos mais novo do que a média nacional;
• Cerca de 40% dos seus dirigentes têm formação superior e destes, metade possuem habilitações específicas nas ciências agrárias;
• Empregam cerca de 30 mil trabalhadores, ou seja, 2/3 da mão-de-obra agrícola assalariada com ocupação regular;
• Apenas utilizam 3,5 UTA por 100 hectares de SAU, enquanto que a média nacional se situa em 10 UTA por 100 hectares de SAU;
• A utilização dos tractores é mais eficiente, dado que, para explorar 100 hectares de SAU apenas é necessário 1 tractor, enquanto que em média são necessários 5 tractores.

Os dados definitivos estão prometidos para Maio de 2011, nessa altura abordaremos de novo o tema.

17/12/2010 Arquivado em: Censos, Dados Económicos   Continue a ler



Brasil: Primeiros dados do Censo 2010 já divulgados (rev.)

O Brasil tem 189.712.713 habitantes. Mais 9,4% do que em 2000. São dados provisórios, ainda em reavaliação mas já com credibilidade e precisão suficiente para que o IBGE os divulgue no seu sítio na internet. Temos então as primeiras estimativas populacionais para os mais de 5000 municípios brasilerios.

Recorde-se que o momento de referência é 1 de Agosto de 2010 pelo que se trata de uma operação relâmpago em termos de capacidade de processamento da informação estatística. Eis as ligações disponibilizadas pelo IBGE para as várias unidades da união brasileira (as ligações remetem para ficheiros PDF). Pode também consultar dados com referência geográfica (e gráfica) aqui.

Unidades da Federação

04/11/2010 Arquivado em: Censos   Continue a ler



Censo 2011 em Portugal custará mais de 45 milhões de euros

Uma operação de recenseamento da população e da habitação feita nos moldes habituais é algo que tem de ser preparado com tempo, envolve diversas entidades e especialidades científicas e, claro, acaba por requerer muita mão de-obra e meios tecnológicos. O censo 2011 em Portugal está já em marcha há largos meses ainda que a operação de recolha final se venha a realizar apenas em Abril de 2011. E é precisamente sobre o custo da operação inscrito no Orçamento de Estado português para 2011 que encontramos esta soma de 45 milhões de euros, um valor nada desprezível em termos de investimento para o Estado mas que, ainda assim, revela a parcela, mas apenas uma parcela, importante da factura final.

Tal como prometido sem sucesso no passado, surge agora, novamente, a garantia de que esta será a última operação de recenseamento efectuado nos moldes clássicos, em 2021 tudo será diferente. Havendo saúde e engenho cá estaremos para acompanahr a revolução que se anuncia, novamente. Mas mais importante do que isso, aguardamos com curiosidade os resultados do censo de 2011 em Portugal, em particular, no que diz respeito à informação relativa a movimento migratórios interno e externos.

Será que Portugal é, de novo, definitivamente um país de emigração?

19/10/2010 Arquivado em: Censos   Continue a ler



Dia 1 de Agosto o IBGE inicia o censo 2010

O IBGE iniciou a contagem decrescente para o Censo 2010. Dentro de menos de 3 meses os recenseadores do IBGE começarão a bater à porta de cada um dos 58 milhões de domicílios existentes no Brasil.

A operação colossal teve mais de um milhão de brasileiros a candidatarem-se às vagas para recenseador. Conheça alguns factos sobre o recenseamento aqui.

Os primeiros resultados deverão ser conhecidos no final do ano, sendo a informação mais detalhada divulgada em 2011.

12/05/2010 Arquivado em: Censos   Continue a ler



Ci Data – Estatísticas de Imobiliário sobre Portugal

Depois do buzz mais que justificado em torno do Pordata, esta semana trazemos um destaque especializado em Estatística do Imobiliário organizado por uma empresa do sector: a Confidencial Imobiliário. Recorrendo a dados próprios e de fontes oficiais como o INE -Portugal, a Ci disponibiliza informação especializada em:

Grande parte dos indicadores económicos relevantes  para se ter uma primeira imagem sobre o país e sobre este sector específico,  estão ali disponíveis em folhas de cálculo que o utilizador pode importar e trabalhar no seu PC. Fica a dica, parece-nos útil.




Brasil: IBGE vai recrutar cerca de 200 mil recenseadores para o Censo 2010

IBGE - BrasilSegundo a página oficial do Censo 2010 que se realizará no Brasil tendo como momento de referência 1 de Agosto de 2010, o IBGE aceitará inscrições de 191 963 recenseadores, com o nível de ensino fundamental.

As inscrições visam candidatos a recenseadores residentes em todos os municípios nacionais e deverão estar abertas entre 22 de Fevereiro e 19 de Março. Os contratos deverão ter a duração de 2 meses e terão início em Julho.

18/01/2010 Arquivado em: Censos   Continue a ler



Censo 2010 – Brasil

Censo 2010 - BrasilSe em Portugal o Instituto Nacional de Estatística ainda anda em testes, preparando o recenseamento do próximo ano (veja: “Censos 2011 – Portugal“), no Brasil o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que tem pela frente a tarefa de abordar e recensear cerca de 20 vezes mais pessoas,  está em final de contagem decrescente: a colecta de dados vai-se efetuar no 1º dia de Agosto já de 2010 (o XII Censo Demográfico Brasileiro – veja o documento de apresentação em pdf).

Sem surpresa, na página dedicada ao Censo 2010 montada pelo IBGE ficamos a saber que a mega-operação estatística se encontra em preparação há 3 anos, destacando-se o compromisso assumido de difundir os primeiros dados provisórios no final deste mesmo ano. Se tudo correr bem, cá estaremos para acompanhar em primeira mão a resposta a perguntas como: quantos são os brasileiros e demais residentes.

O censo terá dois instrumentos de recolha distintos, um inquérito mais detalhado que será efetuado em domicílios seleccionados  – 13 páginas – e outro simplificado que será destinado aos restantes casos – 5 páginas. Pode aceder aos questionários para consulta neste endereço.

Tal como em Portugal, a resposta ao Censo (e aos inquéritos do INE local) é obrigatória. Como garantia de segurança adicional e de controlo de qualidade, o IBGE disponibilizará na já referida página do Censo 2010 a possibilidade de se identificar o recenseador através do número de matrícula que este terá de ostentar obrigatoriamente quando anda em serviço.

12/01/2010 Arquivado em: Censos   Continue a ler



Censo 2010 – Cabo Verde

O Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde foi mandatado para realizar o IV Recenseamento Geral da População e da Habitação durante o ano 2010. O processo preparatório iniciou-se em meados de 2008 e recentemente foi realizado um teste piloto. Se conseguimos interpretar corretamente a informação disponibilizada na página especializada dedicada a esta operação estatística (ver Censo 2010 – Cabo Verde), só após a analise dos resultados desta fase piloto se definirá a data final de realização do recenseamento geral que não deverá deixar de ser ainda durante 2010.

Procuraremos acompanhar aqui a evolução deste processo, num país insular que  em 2000 tinha um pouco menos de meio milhão de habitantes e que tem seguramente muito mais naturais não residentes do que  totalidade da sua população residente neste momento.

08/01/2010 Arquivado em: Censos   Continue a ler



Censos 2011 – Portugal

Censos 2011 - PortugalFalta cerca de um ano para se iniciar o trabalho de campo da mais importante operação estatística a nível nacional, neste caso em Portugal.

O Instituto Nacional de Estatística português, entidade máxima do Sistema Estatística Nacional realizará em simultâneo o XV Recenseamento Geral do População e o V Recenseamento Geral da Habitação. Sendo certo que o dia de referência chegará apenas em Abril de 2011, o INE tem vindo a realizar vários testes com o objectivo de preparar adequadamente uma operação estatística que envolverá centenas de colaboradores e contratados assim como toda a população presente em território nacional e, naturalmente, todo o edificado.

Se tem particular curiosidade em perceber como se desenrola a realização de um Recenseamento recomendamos que visite a página dedicada que o INE tem vindo a actualizar (http://censos.ine.pt/). Por lá pode encontrar as Newsletter que documentam não só os resultados das várias etapas já desenvolvidas, mas também algumas notícias sobre como tem decorrido o primeiro processo de recenseamento em outros países.  O INE disponibiliza ainda os  contactos para poder colocar questões e todo o acervo histórico que permite aceder a informação sobre a História dos Censos em Portugal, desde 1864 até 2001.

Este será um tema que acompanharemos por aqui ao longo dos próximos meses.

02/01/2010 Arquivado em: Censos   Continue a ler